quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Talvez

Talvez não ouçamos a mesma música,

Talvez nem sejamos assim tão parecidos.

O tal encontro de dois seres que já se conhecem,

De outros tempos, de outras passagens.

Talvez não seremos nada,

Mas já o fomos.

Encontrei-te e deixei-te ir,

Tu encontraste-me e deixaste

Que eu não te prendesse a mim.

Talvez noutra passagem,

Os nossos olhares encontrem-se novamente.

Talvez, nada mais do que isso,

Talvez…

3 comentários: