quinta-feira, 15 de agosto de 2013

https://www.facebook.com/JCarvalhoPhotography
Prendes-me ao teu olhar
E pouco precisas fazer.
Incomoda-me deveras,
Cada adeus que preciso dizer-te;
Cada constatação da tua ausência.
Fazes-me falta. Já to disse?
Porventura, o terei dito algumas vezes.
Na amizade também se ama,
Percebo isso agora, amo-te.
Amo-te por quem és,
Pelo sorriso que emana de ti,
Pela tua beleza interior,
Por todas as tuas palavras,
As que me fazem sorrir, e as outras,
Aquelas que me mostram que estou alheia à vida.
E não, esta não é uma declaração de amor,
É um agradecimento.
E se agora, as lágrimas correm,
É apenas por saudade.
A linha que separa o amor da amizade
É ténue e confusa,
E nesta confusão, acredito que nos amamos
Da forma mais pura e real.

© Alexandra Carvalho

4 comentários:

  1. e esse amor é muito bonito.
    comoveu-me e muito.
    boa semana.
    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  2. Lindíssimo, muito profundo.
    Gostei imenso.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Se o amor existe tá tudo bem! Meu beijo.

    ResponderEliminar